quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Estrutura bacteriana:


Parede celular - Envoltório extracelular rígido responsável pela
forma da bactéria constituída por um complexo protéico - glicídico
(proteína + carboidrato) com a função de proteger a célula contra
agressões físicas do ambiente.
Não possui celulose como as das células vegetais.

Cápsula - Camada de consistência mucosa ou viscosa formada por
polissacarídeos que reveste a parede celular em algumas bactérias.
É encontrada principalmente nas bactérias patogênicas,
protegendo-as contra a fagocitose.

Membrana plasmática - Mesma estrutura e função das células
eucariontes.

Citoplasma - Formado pelo hialoplasma e pelos ribossomos.
Ausência de organelas membranosas.
Mesosomoinvaginação da membrana plasmática, importante durante
a duplicação e divisão bacteriana.
Nucleóide - Região onde se concentra o cromossomo bacteriano,
constituído por uma molécula circular de DNA. É o equivalente
bacteriano dos núcleos de células eucariontes. Não possui carioteca
ou envoltório nuclear. Além do DNA presente no nucleóide, a célula
bacteriana pode ainda conter moléculas adicionais de DNA,
chamadas plasmídios ou epissomas.

Plasmódios – também possuem material genético
Flagelos - Apêndices filiformes usados na locomoção.

Fímbrias - Apêndices filamentares, de natureza protéica, mais finos
e curtos que os flagelos. Nas bactérias que sofrem conjugação, as
fímbrias funcionam como pontes citoplasmáticas permitindo a
passagem do material genético.

Nenhum comentário:

Postar um comentário