quarta-feira, 15 de junho de 2011

hormonios gastrios (copia da wiki)

Colecistocinina

A colecistoquinina (CCK) age gerando contrações da Vesícula Biliar e relaxando o esfincter de Oddi em conjunto a ação da secretina (outro hormona secretado pelo intestino) que estimula a produção de Bile (Quimo).
O principal efeito da CCK é a estimulação da secreção pancreática de enzimas. Para além disso, a CCK tem um importante efeito de potenciação da acção da secretina. Ambas as hormonas estimulam a proliferação celular no pâncreas exócrino.
Para além dos efeitos exercidos no pâncreas, a secretina estimula a secreção biliar de fluido e bicarbonato. Esta acção é também partilhada pela CCK, embora o efeito da secretina seja mais potente.
Para além dos seus efeitos sobre a secreção biliar e pancreática, a CCK regula a contracção da vesícula biliar e o esvaziamento gástrico. É a hormona GI com uma acção mais potente sobre a contracção da vesícula biliar. Tem também um efeito inibidor do esvaziamento gástrico. Juntamente com a secretina, aumenta a contracção do esfíncter pilórico, impedindo o refluxo gastro-duodenal.Contrariamente à contração do esfincter pilórico, esta hormona vai ser responsável pelo relaxamento do esfíncter de Oddi (segunda porção do duodeno)
O aumento da sua secreção ocorre pela presença de aminoácidos aromáticos no duodeno.

Gastrina

A gastrina é um hormônio que estimula a secreção de Suco gástrico no estômago. É um hormônio produzido pelas células produtoras de gastrina, situadas nas glândulas pilóricas. É lançada no sangue e transportada para as glândulas oxínticas, localizadas no corpo do estômago, onde estímula as células parietais de maneira muito intensa. É também fundamental para o crescimento da mucosa gástrica e intestinal.O suco gástrico é composto por ácido clorídrico HCl, renina e pepsinogênio-pepsina.
  • Alvo: Células parietais no corpo gástrico.

    Secretina

A secretina é uma hormona produzida pelas células S do duodeno em resposta a um pH baixo. Estimula a produção de bicarbonato no fígado, pâncreas e glândulas de Brunner. Ajuda a neutralizar o ácido gástrico que entra no duodeno a partir do estômago.
A função da secretina é a de promover a secreção pancreática e biliar de HCO3- que, então, neutraliza o H+ no lúmen do intestino delgado. Tal neutralização é essencial para a digestão das gorduras. A secretina inibe, também, os efeitos da gastrina sobre as células parietais (secreção de H+ e crescimento).

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário