sexta-feira, 17 de junho de 2011

Introdução : Ventilação Pulmonar

O Objetivo da respiração é o fornecimento de oxigênio ao tecidos e remoção da dióxido de carbono. No homem o sistema respiratório é complexo e possui sistema condutor o qual leva o ar das fossas nasais até onde ocorrem as trocas gasosas no alvéolos.

Divisão da respiração :
Podemos dividir em 4 partes :

1 - Ventilação pulmonar: renovação cíclica dos gás alveolar pelo ar atmosférico.
2 - Difusão do oxigênio e do dióxido de carbono entre o sangue e alvéolo.
3 - Transporte do oxigênio e do CO2
4 - Regulação da respiração

Percurso do ar INSPIRADO
VIAS AÉREAS -
NARINAS
FOSSAS NASAIS
COANAS
FARINGE
GLOTE
LARINGE
TRANQUÉIA

PULMÕES -
BRONQUIOS
BRONQUÍOLOS
ALVÉOLOS PULMONARES

OS PULMÕES SÃO SACOS INFLÁVEIS PROTEGIDOS PELAS PLEURAS ( DUAS MEMBRANAS QUE APRESENTAM ENTRE ELAS, UM LÍQUIDO VISCOSO, PARA DAR SEGURANÇA AOS MOVIMENTOS PERISTÁLTICOS).

AS TROCAS GASOSAS NOS PULMÕES :

O Ar inspirado tem alta concentração de O2 e baixa concentração de CO2

A Expiração tem baixa concentração de 02 e alta concentração de CO2

- A DIFUSÃO DESSES GASES, FEITA NOS ALVÉOLOS SE DÁ ENTRE DUAS CAMADAS CELULARES, O EPITÉLIO DOS ALVÉOLOS E O ENDOTÉLIO DOS VASOS ( CAPILARES QUE ENVOLVEM ESTES ALVÉOLOS). OCORRE AI O PROCESSO DE HEMATOSE, OU SEJA, O OXIGÊNIO E O GÁS CARBONICO POR DIFUSÃO, TRANFORMAM SANGUE VENOSO EM ARTERIAL.

BULBO - CONTROLA OS MOVIMENTOS DIAFRAGMÁTICOS DE ACORDO COM O NÍVEL DE CO2 NO SANGUE. A RESPIRAÇÃO É INVOLUNTÁRIA.

OBS : QUANDO AUMENTA O NÍVEL DE CO2 NO SANGUE, HÁ FORMAÇÃO DE ÁCIDO CARBÔNICO (ÁGUA+CO2) REDUZINDO O PH DO SANGUE E FORMANDO O BICARBONATO (HCO3), O QUAL ESTIMULARÁ O BULBO PARA MOVIMENTAR O DIAFRAGMA. AO RESPIRARMOS PROFUNDAMENTE, A SENSAÇÃO DE TONTURA DÁ-SE PELA ALTERAÇÃO DO PH.

.Jackeline Brandão 

Nenhum comentário:

Postar um comentário